Blocos afro irão desfilar em circuito tradicional do Carnaval no mês da Consciência Negra

Blocos afro irão desfilar em circuito tradicional do Carnaval no mês da Consciência Negra
Foto: Divulgação/GOVBA

Mais uma data deve entrar no calendário de festas de Salvador a partir de 2023. Para celebrar o mês da Consciência Negra, prefeitura da capital baiana organiza um dia de desfile em novembro com os principais blocos afro da cidade no percurso entre o Campo Grande e Praça Castro Alves, o mesmo trajeto do tradicional Circuito Osmar durante o Carnaval. 

A novidade foi apresentada na manhã desta quinta-feira (31), durante evento que marcou o anúncio da programação do “Novembro Salvador Capital Afro”. Segundo o presidente da Saltur, Isaac Edington, a ideia é de que novembro passe a ser um mês extraordinário de oportunidades. 

"Vamos ter um dia inteiro dedicado aos blocos afro e as principais entidades de matriz africana da nossa cidade. Vamos ter um desfile no Centro, do Campo Grande até a Praça Castro Alves. A ideia é que dentro dessa programação de novembro, todo o ano a gene tenha essa atividade na cidade. Com essa programação do Salvador Capital Afro estaremos posicionando Salvador como destino do afro turismo nacional e ao mesmo tempo fortalecendo nossa cultura de matriz africana", destacou Edington.

Durante a apresentação, o secretário municipal de Cultura, Pedro Tourinho, anunciou que os desfiles vão acontecer todos os anos sempre no último sábado do mês. Entre os blocos já confirmados estão Ilê Aiyê, Olodum, Malê Debalê e Didá.

A capital baiana terá, ao longo de todo o mês, festivais de música e cinema negro, atrações nacionais e internacionais, apresentações de afoxés e blocos Afro, desfiles de moda e exposições em museus. (Atualizada às 10h48).

Por Erem Carla / Anderson Ramos - Bahia Notícias