Chile amplia presença no setor mineral do Brasil

Chile amplia presença no setor mineral do Brasil
Chile amplia presença no setor mineral do Brasil

Exportações chilena de serviços para mineração cresceram 50,2%, para US$ 4 milhões nos últimos nove meses. Encontro Chile-Brasil terá agenda dia 29 em Belo Horizonte, com foco em desenvolvimento tecnológico e inovação na mineração

As relações comerciais entre Chile e Brasil seguem em franca expansão também na frente de bens e serviços para a mineração. Entre janeiro e setembro de 2023, as exportações chilenas de serviços para a mineração cresceram 50,2%, para US$ 4 milhões, segundo informações do ProChile - instituição do Ministério das Relações Exteriores do Chile.

O segmento de empresas chilenas que mais cresceram foram as de PMEs que atingiram US$ 2 milhões em exportações ao Brasil, alta de 41%; serviços de manutenção e reparação, com valor de US$ 1,8 milhão (45,6%); TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação), com US$ 1,5 milhão (32,9%); administração, com vendas totais de US$ 6 milhões (70,2%) e engenharia, com alta de 157,4%, para US$ 2 milhões.

Quanto às vendas de bens para mineração, o destaque ficou por conta das grandes empresas, com as exportações das mercadorias somando US$ 125 milhões, alta 6,8%. Os produtos mais vendidos ao mercado brasileiro foram: químicos, com US$ 8 milhões (23,4%); plásticos, com alta 155,2%, para US$ 2 milhões; máquinas, equipamentos e peças mecânicas, com US$ 11 milhões (17,6%); produtos químicos e outros, com US$ 5 milhões (56,9%); ferramentas de metal, com US$ 2 milhões (7,1%) e papéis, folhas e filmes plásticos autoadesivos, com US$ 1 milhão (177,5%).

“Durante uma semana, o Brasil será epicentro de atividades como conferências de negócios, seminários técnicos, visitas a centros de distribuição e supermercados, além de importantes eventos para promover o Chile em termos de Negócios, Turismo e Investimentos. Teremos uma rodada de negócios (presencial), com encontros bilaterais entre compradores brasileiros e exportadores chilenos, a qual permitirá uma aproximação entre a oferta de exportação chilena e a demanda local, com foco em potencializar o comércio bilateral. Será uma oportunidade única de negócios que estes setores terão com o seu principal parceiro comercial na América Latina”, conta Hugo Corales, diretor de ProChile.

Encontro Chile-Brasil
Maior parceiro comercial do Chile na América Latina e 4º principal mercado de destinos de exportações chilenas no mundo, o Brasil sediará entre os dias 27 de novembro e 1º de dezembro o Encontro Chile Brasil nas cidades de São Paulo e Belo Horizonte (MG). Promovida e organizada pelo ProChile, a ação tem como objetivo ser um espaço para fomentar as oportunidades de negócios que o Chile tem com seu principal parceiro comercial na América Latina no setor de alimentos, bebidas, investimentos, turismo e também soluções para a mineração. Entre as autoridades participantes, contará com a destacada participação do diretor-geral da ProChile, Ignacio Fernández.

Em 2022, o fluxo comercial total entre Chile e Brasil atingiu US$ 13.716 bilhões, o maior valor da história, com importações chilenas do Brasil de US$ 9.094 bilhões e exportações para este mercado de US$ 4.621 bilhões. Cabe destacar que mais de mil empresas chilenas exportam para o mercado brasileiro. O Chile ocupa o 2º lugar como fornecedor do Brasil na América Latina, depois da Argentina, e o 6º no mundo, depois da China, Estados Unidos, Argentina, Holanda e Espanha. Em relação às importações de produtos brasileiros, os principais são derivados de petróleo, veículos (automóveis, caminhões, ônibus, tratores) e carnes bovina, de frango e suína.

Agenda de Negócios BH
A agenda em Belo Horizonte, na capital mineira, acontecerá entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro, e terá como foco o desenvolvimento tecnológico e a inovação na mineração. A estratégia é replicar o posicionamento do Chile como parceiro comercial estável e fornecedor confiável de produtos e serviços também neste setor.

A delegação chilena será composta por oito empresas, que além de visitar locais e realizar visitas técnicas, farão uma rodada de negócios com importadores locais. A agenda também inclui um workshop sobre como fazer negócios em Belo Horizonte e, assim, facilitar seus respectivos processos de internacionalização.

"Queremos trazer e divulgar a oferta chilena, principalmente aquelas empresas inovadoras e altamente tecnológicas, com ampla experiência no mercado local, aqui no Brasil. De fato, esse encontro servirá como preâmbulo para a participação do Chile na Exposibram 2024, a feira mais importante para o setor que acontece aqui em Belo Horizonte", disse Fernanda Franco, Representante Comercial da ProChile em Belo Horizonte.

O cronograma completo do Encontro Chile Brasil pode ser acessado neste link.

Por Portogente.com.br

 Assessoria de Comunicação