Bamin projeta lançar no mercado R$ 25 bilhões em pacotes de obras até fim de 2024

Bamin projeta lançar no mercado R$ 25 bilhões em pacotes de obras até fim de 2024
Mineradora está concluindo implantação de ferrovia entre Caetité e Ilhéus. Crédito: Divulgação

Estimativa é de contratar 200 serviços para implantação de ferrovia e porto

Para avançar com as obras do projeto integrado da Bamin - que incluem o Porto Sul, em Ilhéus (BA), o Trecho 1 da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol 1), e a Mina Pedra de Ferro, situada em Caetité (BA) - a empresa preparou 37 pacotes de serviços de engenharia, construção e fornecimento de equipamentos. Até agora, 16 deles já foram colocados no mercado.

A previsão é que 200 pacotes para a implantação do Projeto Integrado sejam lançados no mercado até o final de 2024, no valor de R$ 25 bilhões.

Os pacotes relacionados ao Porto trataram sobre a construção offshore/onshore, infraestrutura e gerenciamento; para a Mina e Usina foram os pacotes relacionados à infraestrutura, obras civis e elétricas iniciais, dentre outros; e para as obras dos lotes 2F, 3F e 4F da Fiol.

Em continuidade a este trabalho, foram realizadas nos últimos dias 13 visitas técnicas, com a participação de mais de 70 empresas que levaram cerca de 160 representantes, acompanhados por equipes das áreas de suprimentos e implantação da Bamin. As visitas passaram por 11 municípios: Ilhéus, Jequié, Caetité, Guanambi, Brumado, Ipiaú, Aiquara, Ibiassucê, Malhada, Iuiú e Palmas de Monte Alto.

Por Correio24horas