Marta celebra escolha do Brasil como sede da Copa Feminina de 2027 e pede que estreia da seleção seja no RS

Marta celebra escolha do Brasil como sede da Copa Feminina de 2027 e pede que estreia da seleção seja no RS
Foto: Thais Magalhaes / CBF

Maior estrela do futebol feminino do Brasil, a atacante Marta se emocionou com a escolha do país como sede da Copa do Mundo Feminina de 2027. A votação aconteceu nesta sexta-feira (17) durante o Congresso da Fifa, realizado em Bangkok, na Tailândia. Em texto publicado no Instagram, a craque do Orlando Pride, lembrou da tragédia no Rio Grande do Sul e pediu que a Seleção Brasileira faça sua estreia no Beira-Rio, estádio selecionado como palco de alguns jogos do Mundial.

"Diferente das últimas semanas, hoje acordei com uma excelente notícia e um motivo para sorrir. Fiquei muito feliz com a notícia e tenho certeza de que a Copa do Mundo Feminina de 2027 será um sucesso, e o povo brasileiro, como sempre, estará de braços abertos para receber a comunidade mundial do futebol! Se fosse possível, gostaria que a primeira partida da seleção brasileira fosse no Rio Grande Sul. O estado do Rio Grande do Sul e o povo gaúcho merecem", escreveu a atleta, de 38 anos.

O Brasil superou a candidatura em conjunto de Alemanha, Bélgica e Holanda, vencendo a eleição por 119 votos a 78.

Marta não deverá estar em campo pele Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2027. A veterana anunciou em abril que o ano de 2024 será o último com a camisa do time Canarinho. Seu último Mundial pelo país foi no ano passado na edição realizada entre Austrália e Nova Zelândia. Caso seja convocada, os Jogos Olímpicos de Paris 2024, previsto para julho e agosto, marcarão a despedida da atacante do selecionado.

Por Bahia Notícias