Torcidas de Flamengo e Corinthians mobilizam maior decisão da história da Copa do Brasil

Torcidas de Flamengo e Corinthians mobilizam maior decisão da história da Copa do Brasil
Torcidas protagonizam duelo importante na Copa do Brasil (Montagem Lance! Fotos: Alexandre Vidal / Flamengo; Rodrigo Coca / Corinthians)

As duas maiores do país movimentam cerca de 70 milhões de torcedores por título do mata-mata nacional

Flamengo e Corinthians: as duas maiores torcidas do Brasil estão frente a frente na decisão da Copa do Brasil. A final movimenta mais de 70 milhões de torcedores e, depois da Neo Química Arena, terá hoje o grande palco do futebol brasileiro, o Maracanã. Em questão de mobilização, não há dúvida que é a maior da história da competição. 

De acordo com a última pesquisa do jornal O Globo, com o Ipec,  Flamengo e Corinthians lideram o ranking de maiores torcidas do Brasil com folga. O Rubro-Negro tem 42 milhões de torcedores, enquanto o Alvinegro possui 29,4 milhões. O mais próximo da dupla é o São Paulo, com 16,8 milhões. 

VEJA O RANKING COMPLETO*

1) Flamengo: 21,8%
2) Corinthians: 15,5%
3) São Paulo: 8,2%
4) Palmeiras: 7,4%
5) Vasco: 4,2%
6) Grêmio: 3,2%
7) Cruzeiro: 3,1%
8) Inter: 2,2%
9) Santos: 2,2%
10) Atlético-MG: 2,1%

*O ranking aborda a porcentagem de todos os torcedores entrevistados

Com isso, e por se tratar da primeira final entre Flamengo e Corinthians desde 1991, é possível afirmar que é a maior decisão de Copa do Brasil em proporções de torcida. E, com o Maracanã, a finalíssima também ganha o maior palco do futebol brasileiro. 

Se na Neo Química Arena teve recorde de público da história do estádio, com mais de 47 mil torcedores, o Maracanã também deve bater a melhor marca da temporada. Todos os ingressos foram comercializados e são esperados cerca de 70 mil pessoas no estádio. 

Flamengo e Corinthians se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã. Com o 0 a 0 da ida, quem vencer o jogo de volta fica com o título da Copa do Brasil. Vale destacar que o gol fora de casa não é critério de desempate no torneio. 

Por Lance