Filme do Governo do Estado sobre inclusão recebe prêmio internacional de publicidade

Filme do Governo do Estado sobre inclusão recebe prêmio internacional de publicidade
Filme do Governo do Estado sobre inclusão recebe prêmio internacional de publicidade

Mais uma campanha do Governo do Estado foi destaque em premiação internacional. Desta vez, o filme ‘Síndrome de Down’, veiculado nas plataformas de mídia social, foi reconhecido no prestigiado festival Prémios Lusófonos da Criatividade, sediado em Portugal.

A peça foi agraciada com a Prata, na categoria Digital React; e Bronze, na categoria Filme. Na mesma premiação, outros dois vídeos (‘Boxe’ e ‘Esporte na Cidade’) do Governo da Bahia também levaram o Bronze, na categoria Filme. O Prémios Lusófonos é o único evento global dedicado exclusivamente ao reconhecimento dos países de língua oficial portuguesa.

Enfatizando o respeito pelas diferenças e a inclusão social, o filme ‘Síndrome de Down’, produzido pela agência Morya Comunicação, foi idealizado para homenagear o Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado em 21 de março, e se junta a outras campanhas do Governo do Estado que já receberam destaque nacional e internacional. De acordo com o secretário estadual de Comunicação, André Curvello, as políticas de inclusão, combate ao preconceito e cuidado com as pessoas com deficiências são prioritárias, conforme determinação do governador Jerônimo Rodrigues.

“Este prêmio, que se junta a uma série de outros que conquistamos nos últimos anos, mostra que, com muito trabalho e dedicação, estamos conseguindo traduzir bem, na comunicação, essas mensagens e ações que são de fundamental importância para que, junto com os baianos e baianas, possamos construir uma sociedade mais justa e inclusiva", declarou Curvello.

O vídeo premiado é parte de uma campanha digital, utiliza a estratégia conhecida como "react" e mostra o jovem Rodrigo, que é uma pessoa com Síndrome de Down, reagindo ao assistir a um outro vídeo, também produzido pelo Governo do Estado, que trata sobre inclusão. No filme que Rodrigo assiste, o que, aparentemente, era uma cena de preconceito, é, na verdade, uma festa surpresa para um jovem estudante.

"Onde tem afeto tem inclusão. E só com inclusão que a gente vai em frente, sem deixar ninguém para traz", afirma a narração que encerra a peça. Também fez parte da campanha digital a trend “é óbvio”, mostrando que o jovem com Down pode fazer o que quiser.

Confira o vídeo na íntegra: https://www.instagram.com/p/C4yU5zHxj88/

Outras premiações

Em janeiro deste ano, outro filme publicitário que mostra o apoio do Governo da Bahia ao esporte foi escolhido como um dos finalistas na categoria Norte-Nordeste da maior premiação brasileira de propaganda: o Prêmio Profissionais do Ano, que, há 45 anos, homenageia o talento e a criatividade dos profissionais da publicidade no Brasil.

O case finalista, também realizado em parceria com a Agência Morya Comunicação, apresenta a história de muitas meninas que vivem o sonho de jogar futebol e destaca a importância de um Estado atento ao futuro delas, na promoção da igualdade de gênero. Para tanto, traz uma história real e que valoriza a participação das mulheres no esporte e onde mais elas quiserem estar.

Em 2022, a campanha ‘Bahia: aqui é respeito’, do Governo do Estado, levou o Bronze na categoria TV e Cinema do Prêmio Internacional Lusófonos da Criatividade. Realizado pela agência Leiaute, o vídeo foi veiculado em 2021 e retrata situações cotidianas para conscientizar sobre as consequências do preconceito na sociedade. Com mensagens fortes, a peça fala de racismo, machismo, gordofobia e lgbtfobia, por exemplo.

Mais um case de sucesso do Governo da Bahia foi o vídeo publicitário ‘Naquela Mesa’. O filme, que venceu o Prêmio Profissionais do Ano, em 2021, na categoria nacional ‘Valor Social’, fez parte de uma das campanhas do Estado para conscientizar a população sobre os fortes efeitos da pandemia de Covid-19 e a importância dos cuidados necessários, à época. As imagens mostram famílias alegres preparando a refeição. Em um segundo momento, sentados à mesa, filhos e parentes se deparam com o vazio e a tristeza da perda de um ente querido.

Por Secom